Seriados
Posted by : Gahbry Goth quinta-feira, 30 de julho de 2015

Arslan Senki 


O reino de Pars viveu durante anos na prosperidade devido ao seu  sucesso nas guerras, e comercialização dos seus escravos.O temível rei Andragoras  nunca foi derrotado e isso o tornou um governante desinteressado   de estratégia e política : a força do seu exército sempre esmagava os inimigos e dispensava frescuras ou conversas. Entretanto conversar pelo medo  faz você ganhar inimigos, e isso nunca é bom.

Em uma batalha fatídica, um general trai o reino e usa uma artimanha que leva o exército invencível a uma derrota absoluta. Com uma Cruzada religiosa fanática nas portas da capital Ectabana  e escravos desgostosos  do lado de dentro, não há nada que possa impedir o fim de uma era. Eis que entra o príncipe Arslan, filho de Andragoras :gentil e bondoso, ele não compartilha das visões do pai de governo. Por um golpe do destino, ele consegue escapar ileso da derrota anterior e agora esta disposto a conseguir aliados para retomar o seu reino.

Além disso, ele tem os mesmos traços usados em Fullmetal Alchemist e Silver Spoon.





Denpa Kyoushi 


Você conhece a sigla "YD" ? Provavelmente não, foi inventada pelo anime ."Yearn to Do"
é o seu significado,ou seja, "ter vontade de fazer" : é assim que age o otaku protagonista desta série. Isso levou Kagami a largar a sua vida de gênio da Física depois de conseguir o seu PhD ainda na adolescência e publicar um artigo sobre um conceito que a tecnologia atual é incapaz de tornar realidade. Sem vontade de continuar no ramo por falta de desafios, ele passou para uma vida reclusa dentro de casa, criando o maior blog de análises de anime  do Japão. 

Porém, isso não agradou nada sua irmã mais nova ,que o  obrigou  pela violência a arranjar um emprego de professor. Sem vontade disso, ele acaba dando aulas desmotivadas e desinteressantes até que, eventualmente, se depara com estudantes em apuros e decide usar todo o seu intelecto para ajuda-los - geralmente de maneiras absurdas, revelando muito da sua personalidade preguiçosa no processo.

Uma comédia em todos os aspectos, se você encontrar um momento sério aqui, provavelmente será transformado em  piada logo em seguida.





DanMachi 

"Dungeon ni Deai o Motomeru no wa Machigatteiru Darou ka ?" é o título inteiro. Sim, vamos ficar com DanMachi mesmo.Não é? Traduzido livremente como "Qual é o problema de paquerar garotas na masmorra?", o anime é baseado em uma light novel de sucesso, que parece ter diferentes histórias baseadas no mesmo conceito : os deuses onipotentes cansaram  da imortalidade no céu, por falta do que fazer, e desceram na Terra para se divertir.


Com isso, eles perderam todos os poderes, exceto as habilidades que já tinham antes; em troca, ganharam a capacidade de transformar pessoas normais em aventureiros, caso entrem para a sua "família". Isso foi muito conveniente, pois onde os deuses desceram era uma cidade onde apareceu uma "torre das trevas" ,a Masmorra, de onde os monstros saíam  para matar os humanos. 
Entram os aventureiros em cena: com a habilidade de subir de nível, usar golpes especiais e melhorar seus atributos, eles conseguem derrotar as criaturas por dinheiro.

A história acompanha o aventureiro Bell, que nenhuma família aceitava por ser pequeno e fraco demais. Com a benção da "top waifu do ano", a deusa Hestia, ele segue sua missão de se tornar forte para... Conhecer garotas na Masmorra e dormir com elas (a premiação por salvar a donzela em perigo, segundo essa lógica).

Com elementos de jogos de RPGs, além de muita aventura e comédia, DanMachi  lembra animes como Sword Art Online e Log Horizon - com a diferença de ser bem menos sério.





Ghost in the Shell Arise : Alternative Architecture 


Ghost in the Shell, ou "Koukaku Kidoutai ", esta fazendo 25 anos e traz a série de volta as telas. Em um futuro no qual os seres humanos conseguem transplantar partes do corpo por cópias cibernéticas e transferir via upload as próprias mentes, uma perigosa onda de ataques de "hackers mentais" começa a implementar memórias falsas nas pessoas e fazê-las realizar algumas matanças. O que convenhamos, é bem inconveniente. 


Com um tom sério constante e apenas alguns momentos de alívio cômico, Ghost in the Shell é uma adição bem-vinda as temporadas dos últimos tempos, de maneira geral, para fugir um pouco da rotina da sala de aula, onde os eventos mais sobrenaturais e incríveis possíveis estão sempre - de alguma forma - relacionados a vida estudantil e adolescentes "escolhidos".





Hibike! Euphonium 

O anime de música desta temporada vem com a difícil tarefa de existir por conta própria, principalmente por ter sido antecedido pelo soberbo " Your Lie in April" (Shigatsu wa Kimi no Uso). 
Entretanto, com muito moe, diversas "esposas" para escolher e uma ótima trilha sonora, a tarefa fica um pouco mais fácil. A história em si é simples: a protagonista Kumiko vai para o Ensino Médio e quer "um novo começo", largando a banda da escola. Porém, ela se vê puxada para o grupo por conta das novas colegas e, de novo, acaba usando o mesmo instrumento.


Um exemplo de bom "slice of life", mostrando a vida cotidiana dos membros da banda e seus ensaios, há também, alguma evolução na protagonista logo nos primeiros episódios.Enquanto não promete uma montanha-russa de emoções como "Kimi Uso" , certamente é bem "bonitinho" e agradável devido a parte musical.





Kekkai Sensen 

A vida era normal no mundo, até uma bolha misteriosa e impenetrável envolver Nova York e interligá-la a mundos sobrenaturais paralelos; então, ficou louca. Monstros lendários, alienígenas e diversos outros tipos de criaturas ao estilo de Space Dandy começaram a viver normalmente com os seres humanos, como se nada houvesse acontecido. Alguns humanos conseguiram superpoderes, no entanto, formaram uma sociedade secreta para proteger a população normal das ameaças  causadas pelos monstros malucos.


Com uma comédia inteligente, porém frequentemente escrachada, Kekkai Sensen é um anime divertido que apresenta uma boa dose de cenas de  luta e algum desenvolvimento de personagem.
Sobre o protagonista, ele acaba caindo de paraquedas na história, convenientemente tendo um dos poderes mais desejados do submundo, mas, ao mesmo tempo, quase não tendo utilidade prática para os seus olhos especiais. 




Ore Monogatari 

Enquanto a maioria dos romances para o público shoujo (garotas) apresenta protagonistas femininas e a história acaba sendo bem internalizada, com elas pensando sobre em como o menino que elas gostam é legal - e outras coisas melosas do tipo, insuportáveis para quem não gosta do gênero - , Ore Monogatari foge dessa linha : o protagonista é não apenas um homem, Takeo mas ele tem o porte  de um "gorila", sendo extremamente alto e forte. 


Diferente de Gekkan Shoujo Nozaki-kun , que também apresenta proposta similar e brinca com o gênero, Ore Monogatari vai um passo além: enquanto muitas das histórias assim se focam no "antes" e tendem a acabar quando o namoro da protagonista começa, o enredo deste é focado no namoro de Takeo com a fofíssima Yamato - um casal que você nunca veria normalmente. Outro ponto interessante é que o "diálogo interno" comum do gênero se mantem com Takeo, o que acaba sendo engraçado pela sua visão simplista da vida. 


Mesmo que você não conheça muitos romances para comparar, Ore Monogatari funciona também para quem esta procurando apenas uma comédia divertida. Porém, as situações certamente ficam hilárias para quem entende de onde as piadas estão vindo.





 








Leave a Reply

Subscribe to Posts | Subscribe to Comments

- Copyright © 2015 Rádio Hokori Asian - Powered by Hokori Asian - Designed by Hioko -